Pesquisar neste blog

21 de mar de 2016

70.000 cristãos estão em campos de concentração na Coreia do Norte

70.000 cristãos estão em campos de concentração na Coreia do Norte
Os crentes são considerados "ameaça à segurança nacional"
por Jarbas Aragão

Quando Kim Jong Un sucedeu seu pai, Kim Jong Il, a comunidade internacional esperava que a Coreia do Norte diminuísse ou eliminasse de vez uma série de restrições para os cidadãos do país. A posse de Kim Jong II como ditador foi marcada por intensa perseguição e execuções dos cristãos e quando Kim Jong Un assumiu, o mesmo não se repetiu, passando uma mensagem de esperança de um futuro de tolerância no país.

De fato, proibições sobre alimentos ocidentais, como pizza e batatas fritas, e as restrições ao uso de telefones celulares, por exemplo, chegaram ao fim, explica Ryan Morgan, analista do International Christian Concern.

“O novo governante foi mostrado na televisão estatal, sorrindo estranhamente e visitando um parque de diversões”, disse Morgan.

No entanto, os habitantes dessa nação comunista isolada não possuem nenhuma evidência de qualquer melhoria na condição da igreja perseguida. “Não ouvimos qualquer relato de melhora para os cristãos no país e não temos motivos para acreditar que alguma coisa mudou”, revela.

14 de mar de 2016

Resumo do livro: Política segundo a Bíblia: princípios que todo cristão deve conhecer - Wayne Grudem

Para saber mais obre esse livro clique AQUI.

7 de mar de 2016

Desabafo: Eu Desisto!! - João Carlos

“Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo.” (Mt 24:13)
Eu acredito nisso, quero que isso fique bem claro. A perseverança é fundamental, mas decidi desistir. Espero que você leia esse texto até o fim para que você me entenda sem me julgar. Lendo esse texto bíblico chorei, veio em mim um grande pesar, por isso resolvi desistir, não consigo mais prosseguir, preciso parar por aqui.

Chega um momento na vida que você deve reagir às suas convicções, e é exatamente isso o que eu estou fazendo, seguindo de perto minhas convicções, espero que alguns me entendam, e também examinem suas próprias motivações.