Pesquisar neste blog

29 de dez de 2012

Os Problemas do Pensamento Liberal - Hernandes Dias Lopes

23 de dez de 2012

Deus é Santo - Paulo Júnior

( …) nem os céus são puros aos seus olhos. Jó 15.15

Escrever aos amados leitores nem sempre é tarefa fácil, pois considero uma arte e um dom fazer “o importante se tornar interessante”. Que Deus me ajude a conseguir fazer tal coisa.

Não é segredo nem novidade para muitos que essa geração de cristãos tem estado extremamente aquém do Evangelho verdadeiro. Contudo para se saber as razões e o “porquê” disso, é necessária uma leitura teológica e espiritual de nossa parte. Tem-se feito muitas especulações a esse respeito, mas creio que a ignorância do conhecimento de Deus é uma das maiores causas desse “cristianismo não evangélico” atual. Entendendo assim, anseio transmitir ao seu coração algo a respeito do Senhor nosso Deus, e de Sua natureza.

20 de dez de 2012

Os Perigos no Caminho em Busca da Verdade - Paul Washer

17 de dez de 2012

Como ser cheio do Espírito Santo - John Piper

Como beber o vinho de Deus?

Efésios 5:18 diz: "E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito". Há, pelo menos, quatro efeitos de ser cheio do Espírito. Primeiramente, o versículo 19 mostra que o efeito é musical: "...falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor". É evidente que a alegria em Cristo é a característica peculiar de ser cheio do Espírito.

Mas não somente alegria. No versículo 20, encontramos a gratidão: "Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo". Gratidão perpétua, gratidão por tudo resulta de ser cheio do Espírito - e essa gratidão tem como alvo o vencer a murmuração, o descontentamento, a autocompaixão, a amargura, o queixume, a carranca, a depressão, a inquietação, o desânimo, a melancolia e o pessimismo!

14 de dez de 2012

Sola Scriptura - Steven Lawson

11 de dez de 2012

A nova vida em Cristo - M. Lloyd-Jones

O cristão deve saber por que é cristão. O cristão não é uma pessoa que simplesmente diz que lhe sucedeu algo maravilhoso. . . está sempre preparado e pronto a dar a «razão da esperança que há nele». Se não o pode fazer melhor será que trate de ter certeza de sua posição. O cristão sabe por que ele é o que é, e sabe qual a sua situação. Foi-lhe apresentada a doutrina; recebeu a verdade. Esta «forma de sã doutrina» (Romanos 6.17 e Tito 2.1) o alcançou. Alcançou-lhe a mente, e sempre há de começar com sua mente. A Verdade vem à mente e ao entendimento iluminados pelo Espírito Santo.

Depois, tendo percebido a verdade, o cristão a ama. Ele lhe comove o coração. Ele percebe o que era, vê a vida que estava levando, e a odeia. Se você chegar a perceber a verdade acerca de você mesmo como escravo do pecado, então você se odiará. Depois, ao contemplar a gloriosa verdade do amor de Cristo, você quererá e desejará este amor. Assim, o coração fica engajado. Perceber a verdade significa de fato que você foi tocado por ela e que você a ama. Você não pode evitá-la. Se você chega a perceber claramente a verdade, irá senti-la sem falta. Então aquilo leva a isto, que o seu maior desejo será praticá-la e vivê-la.

8 de dez de 2012

A doutrina esquecida: "Regeneração" - Paulo Junior

1 de dez de 2012

O Evangelho: A Mais Terrivel Verdade Das Escrituras - Paul Washer

25 de nov de 2012

75% da perseguição religiosa mundial é contra cristãos

"E odiados de todos sereis, por causa do Meu Nome: mas, aquele que perseverar até ao fim será salvo."

Mateus 10:22

Por Terry Murphy, da Aid to the Church in Need:

A "Aid to the Church in Need" lançou uma nova reportagem que revela que os cristãos são o grupo religioso mais perseguido do mundo: 75% das perseguições religiosas feitas no mundo é feita contra cristãos.

‘Perseguidos e Esquecidos?’, uma reportagem feita com o propósito de estudar a perseguição aos cristãos, foi oficialmente lançada pelo arcebispo Bashar Warda de Erbil (Iraque) e o cardeal Keith Patrick O’Brien de Saint Andrews e Edinburgh, num evento em Glasgow, no passado dia 15 de Março.

21 de nov de 2012

Arrependimento Bíblico - Leonard Ravenhill


17 de nov de 2012

O que é Pregação? - John Piper

14 de nov de 2012

A Certeza da Salvação Não Deve Tornar-nos Inúteis na Obra de Deus

"Portanto, resta ainda um descanso para o povo de Deus." Hb 4:9

Para uma compreensão ainda mais clara desse descanso, você precisa saber que há algumas coisas necessariamente pressupostas nele.

Todas estas coisas são pressupostas nesse descanso: A pessoa em movimento, em busca de descanso[...] como o movimento corretamente ordenado, tão constante e firme para que se possa alcançar o fim. Se não pusermos força no arco, a flecha não alcança a marca; o mundo preguiçoso, que pensa muito, descobrirá, a um alto preço, isso um dia. Os que acham que menos trabalho poderia servir a esse fim reprovam a Cristo por nos fazer realizar tantas coisas. Aqueles que foram mais santos, cuidadosos e pacientes para alcançar a fé e a segurança acham, quando estão prestes a morrer, que realizaram muito pouco. Observamos diariamente os melhores cristãos, quando à beira da morte, arrependerem-se por sua negligência; mas jamais observei alguém se arrepender de sua santidade e de seu zelo. [...] Se o caminho para o céu não for mais árduo que o mundo imagina, então Cristo e seus apóstolos não conheciam o caminho, ou, então, eles nos enganaram. [...] Se alguma alma alcançar a salvação da forma comum, desleixada e fácil do mundo, então diria que esse caminho é mais curto que o que Deus, por meio das Escrituras, revelou aos filhos dos homens. [...] Deus conhece o caminho melhor que eles, e sua Palavra é o meio verdadeiro e infalível para descobri-lo.

11 de nov de 2012

Segurança Bíblica - Paul Washer

5 de nov de 2012

Perseguição aos Cristãos nos Dias de Hoje! O Mundo em Colapso.


2 de nov de 2012

4 grandes doutrinas para sempre ter em mente - J. C. Ryle

Eu sinto que todos nós precisamos mais e mais da presença do Espírito Santo em nossos corações
para nos guiar, nos ensinar e nos manter firmes na fé. Há algumas grandes verdades, que, em dias como este [1874!], somos especialmente obrigados a ter em mente. Acredito que há tempos e épocas na Igreja de Cristo em que somos obrigados a reforçar nosso conhecimento sobre algumas das principais verdades, para apreendê-las com uma firmeza fora do comum em nossas mãos, para imprimi-las em nossos corações e não perdê-las.

1: A Corrupção total da Natureza

A corrupção da natureza humana não é algo desconsiderável. Não é parcial, superficial, mas uma corrupção radical e universal dos desejos, do intelecto e da consciência do homem. Não somos meramente pobres e mesquinhos pecadores na visão de Deus: somos pecadores culpados; somos pecadores condenados: merecemos a ira e a condenação de Deus. Acredito que há poucos erros e falsas doutrinas em que, a princípio, podem não ser detectadas visões distorcidas da corrupção humana. Percepções erradas sobre uma doença sempre trarão consigo a percepção do remédio errado. Visões erradas sobre a corrupção da natureza humana sempre acarretarão visões erradas do grande tratamento e cura dessa corrupção.

30 de out de 2012

Você esta Revestido De Poder - Paul Washer

28 de out de 2012

Porque eu não voto em candidato(a) comunista - Abraão

Mais um ano de eleições, as mesmas propagandas, as mesmas promessas e as mesmas denúncias. Que vença o menos corrupto! (pensam alguns).

Para além disto, aparentemente, poucas pessoas sabem que os partidos políticos são motivados por ideologias, que constituem o fundamento dos seus planos e de suas decisões.

Muitas pessoas rejeitam este fato, chegando ao ponto de acreditarem que os partidos no fim são todos iguais, achando que eles se importam apenas com os votos. Mas será que isto é verdade?

Mas a realidade não é esta. É evidente que os partidos desejam votos, somente assim eles obterão poder político, para assim, implantarem seus projetos, e moldarem a sociedade de acordo com a sua própria visão de mundo.

24 de out de 2012

A Letra Mata? - Elvis Brassaroto Aleixo

A marginalização do estudo teológico

Deus existe? Quem é Deus? Onde Deus está? Para onde vou após a morte? Existe céu? Existe inferno? Devo crer na Bíblia como Palavra de Deus?

Todos os cristãos que algum dia já se detiveram na reflexão destas simples, mas inquietantes interrogações, experimentaram, ainda que inconscientemente, momentos de meditações teológicas, pois a teologia é uma matéria importante e inerente a todos os crentes que, de forma inevitável, contemplam os mistérios da vida e as revelações divinas.

21 de out de 2012

A Oração Faz as Coisas Acontecerem - John Piper

18 de out de 2012

A Insuficiência do "Cristianismo Instantâneo" - A. W. Tozer

Não é de admirar que o país que inventou o chá e o café instantâneos também desse ao mundo o cristianismo instantâneo. Caso essas duas bebidas não tenham sido realmente inventadas nos Estados Unidos, foi certamente aqui que receberam o ímpeto publicitário que as tornou conhecidas na maior parte do mundo civilizado. E não pode ser também negado que foi o Fundamentalismo americano que introduziu o cristianismo instantâneo nas igrejas evangélicas.

Se ignorarmos por um momento o romanismo e o liberalismo em seus vários disfarces, concentrando nossa atenção sobre o grande número de crentes evangélicos, vemos imediatamente quanto a religião cristã sofreu na casa de seus amigos. O gênio americano para a realização fácil e rápida de tudo, sem preocupar-se com a sua qualidade ou permanência, gerou um vírus que veio a contagiar toda a igreja evangélica nos Estados Unidos e, através de nossa literatura, nossos evangelistas e nossos missionários, espalhou-se por todo o mundo.

15 de out de 2012

Consequências da Pregação Bíblica - Steven Lawson

9 de out de 2012

O Amor às Ovelhas ou o Dinheiro Delas? - Richard Baxter


Um coração vazio pode impedir a entrada de alguém, mas não um bolso vazio. Seu reino de graça sempre foi mais congruente com a desprezível pobreza que com a riqueza e a honra, e as riquezas dificultam muito mais a entrada que a carência; pois Deus escolheu "os que são pobres aos olhos do mundo para serem ricos em fé e herdarem o Reino que ele prometeu aos que o amam" (Tg 5.2).

Sei que "o trabalhador merece o seu salário" (Lc 10.7) e aqueles "que pregam o evangelho, que vivam do evangelho" (1Co 9.14). [...] No entanto, desejaria que os bem-intencionados ministros de Cristo levassem em consideração o que é aconselhável, e também o que é legítimo, sabendo-se que a salvação de uma alma é melhor que uma grande quantidade de dinheiro, e que nosso ganho, embora legítimo, é um ganho abominável, pois é pedra de tropeço para a alma de nosso rebanho. Tornemos o evangelho da graça tão pouco oneroso e incômodo quanto possível. Prefiro não aceitar o dízimo de meu rebanho que destruir as almas por quem Cristo morreu; e embora Deus tenha ordenado que aqueles "que pregam o evangelho, que vivam do evangelho" (1Co 9.14), prefiro sofrer todas as coisas que ser um obstáculo para o evangelho; e seria melhor morrer que permitir que algum homem transforme isso em minha honra inútil. [...] 

6 de out de 2012

Eu Viverei Pela Fé, Não Pelos Sentimentos - Don Johnson

3 de out de 2012

A Pregação Fervorosa: Uma Arte Esquecida - Leonard Ravenhill

Já se passaram alguns séculos desde que o reformador suíço Oecolampad disse: “Uns poucos
pregadores bons e fervorosos produziriam maior impacto no ministério cristão do que uma multidão de homens mornos!” E a passagem do tempo não anulou a verdade contida nessa afirmação. Precisamos de mais “pregadores bons e fervorosos”. Um deles foi Isaías, com sua confissão: “Ai de mim! Estou perdido! Porque sou homem de lábios impuros, habito no meio dum povo de impuros lábios”. E Paulo foi outro: “Ai de mim, se não pregar o evangelho”. Mas nenhum dos dois tinha um conceito mais amplo da magnitude de sua tarefa do que Richard Baxter, que era ministro da Igreja Kidderminster, na Inglaterra. Quando alguém o criticou, tachando-o de ocioso, ele respondeu o seguinte: “A pior coisa que eu poderia desejar-lhe era que tivesse minha folga em vez do seu trabalho. Tenho razões para me considerar o menor de todos os salvos, e no entanto não teria receio de dizer ao acusador que considero o serviço da maioria dos trabalhadores desta cidade um prazer para eles, em comparação com o meu, embora não trocasse minha tarefa com a do mais importante príncipe”.

30 de set de 2012

Examina-te a ti mesmo (trecho) - Paul Washer

27 de set de 2012

A Fé: uma Doutrina Incompreendida - A. W. Tozer

No esquema divino da salvação, a doutrina da fé é essencial. Deus dirige suas palavras à fé, e onde
não existe fé, é impossível uma verdadeira revelação. "Sem fé é impossível agradar a Deus."

Cada um dos benefícios derivados da expiação de Cristo chega ao indivíduo pela porta da fé. Perdão, purificação, regeneração, o Espírito Santo, todas as respostas à oração, são concedidas à fé e recebidas pela fé. Não existe outro meio. Esta é uma doutrina evangélica comum e aceita onde quer que a cruz de Cristo é compreendida. Pelo fato de a fé ser tão vital a todas as nossas expectativas, tão necessária ao cumprimento de cada uma das aspirações de nosso coração, não ousamos tomar nada como certo em relação a ela. Uma coisa que abrange tanto bem e tanto mal, que na verdade decide nosso céu e nosso inferno, é demasiado importante para ser negligenciada. Não nos é possível de modo algum manter-nos não-informados ou mal-informados. É preciso saber.

24 de set de 2012

Assista esse vídeo e aprenda a ser cristão de verdade!

21 de set de 2012

Alguns Preparativos Para Nosso Descanso Eterno - Richard Baxter

A terceira parte deste prólogo ao descanso dos santos é o processo público e solene em seu
julgamento, do qual eles devem primeiro ser inocentados e justificados; e, depois, com Cristo, julgar o mundo. Público, posso muito bem dizer isso, pois todo o mundo deve comparecer a ele: jovens e velhos de todas as posições sociais e de todas as nações devem ali comparecer e receber seu julgamento. O julgamento deve ser estabelecido; e os livros, abertos; e o livro da vida, apresentado [...]. Ó, que dia aterrador! Ó que dia jubiloso! Terrível para aqueles que permitiram que sua lâmpada apagasse e não ficaram atentos, pois se esqueceram da vinda de seu Senhor! Jubiloso para os santos, cuja espera e cuja esperança era ver esse dia. Naquele momento, o mundo verá a bondade e a severidade do Senhor; aos que perecem, severidade; mas aos escolhidos, bondade, quando todos terão de prestar contas de sua administração. [...] Pecador, já passou o tempo em que Cristo pediria, mas você não ouviria [...]. Naquela época, ele o seguia, em vão, com súplicas [...]. Pecador, não seja leviano, pois assim como você viveu, também verá aquele dia, exceto se uma minuciosa transformação, ao aceitar a Cristo, previna isso. [...] Pobre e descuidado pecador, não acho que disse muito para você aqui; pois minha responsabilidade é renovar os santos; mas se essas linhas caírem em suas mãos e você dignar-se a lê-las, eu, aqui, recomendo que você, diante de Deus e do Senhor Jesus Cristo, apresse-se para ficar sozinho e ponderar muito sobre essas coisas. Pergunte ao seu coração: "Isso é verdade, ou não; haverá um dia como esse, e eu o verei? O que eu farei naquele momento? Por que continuar a gastar o tempo com coisas inúteis? Já não é tempo de que me certifique de que tenho Cristo e seu conforto? Já não deveria ter feito isso há muito tempo? Devo, após perder tanto tempo, sentar-me inerte mais um dia?" [...] Ó, pense nessas coisas! Algumas horas melancólicas gastas com essa séria antecipação é uma prevenção barata; ou isso vale a pena, ou não vale nada! [...]

12 de set de 2012

Adoração Cristã - Paul Washer

3 de set de 2012

A Bíblia chegando ao povo Kimyal

31 de ago de 2012

Livra-me da Cobiça! Essa é tua oração? - C. H. Spurgeon

Inclina-me o coração a teus testemunhos, e não à cobiça. Salmo 119.36

Inclina-me o coração a teus testemunhos. Esta oração não parece supérflua, já que, evidentemente, o coração do salmista estava posto na obediência. Estamos convencidos de jamais haver sequer uma palavra sobrando [ou supérflua] na Escritura. Depois de rogar por uma virtude ativa, era indispensável que o homem de Deus rogasse para que seu coração fosse posto em tudo quanto ele fizesse. O que seriam seus avanços se seu coração não avançasse também?

25 de ago de 2012

Evidência da Veracidade de Nosso Cristianismo - Jonathan Edwards

Aquele, entretanto, que guarda a sua palavra, nele verdadeiramente tem sido aperfeiçoado o amor
de Deus" (I Jo. 2:4-5).

A prática cristã aperfeiçoa fé e amor. São como uma semente. A semente não chega à perfeição por ser plantada na terra. Nem por desenvolver raízes e brotos, ou por sair do chão, nem por desenvolver folhas e botões. Entretanto, quando produz frutos bons e maduros, chegou à perfeição - completou sua natureza. O mesmo ocorre com fé e amor e todos os outros dons. Chegam à perfeição em frutos bons e maduros da prática cristã. A prática, então, deve ser a melhor evidência de que esses dons existem.

As Escrituras dão mais ênfase à pratica do que a qualquer outra evidência de salvação. Espero que isso esteja claro agora. Temos que nos manter nessa ênfase. É perigoso dar importância a coisas que a Bíblia não endossa. Teremos perdido nosso equilíbrio bíblico se dermos maior importância aos sentimentos e experiências que não se expressem em obediência prática. Deus sabe o que é melhor para nós, e tem salientado certas coisas porque precisam ser salientadas. Se ignorarmos a ênfase clara, de Deus, na prática cristã, e insistirmos em outras coisas como testes de sinceridade, estamos no caminho da ilusão e hipocrisia.

22 de ago de 2012

Uma Verdadeira Conversão - Paul Washer

19 de ago de 2012

Apostasia Liberal no Brasil e no Mundo - Augustus Nicodemus e Mauro Meister

Introdução

Todos nós que conhecemos a Bíblia sabemos que ela nos adverte contra o que ela chama de apostasia. Apostasia significa basicamente “afastar-se de uma posição”, “se desviar de um marco estabelecido”. Este verbo composto, na Bíblia, fala de se afastar da verdade de Deus como Ele a revelou. O apostata, na Palavra, é uma pessoa que um dia tomou conhecimento da verdade, mas mudou o pensamento sobre o que considerava verdadeiro.
Deixe-me citar dois exemplos. Primeiro, Barth Erman: era cristão declarado, completou várias graduações em áreas teológicas mas hoje declara-se agnóstico. Considerado uma sumidade sobre o Cristianismo, hoje ele fala contra o novo testamento e nega a possibilidade de se conhecer de fato quem era Jesus.
Outro exemplo menos conhecido é William Barclay. Ele escreveu vários comentários bíblicos que impressionam pelo seu conhecimento de grego e da cultura. No entanto, em sua autobiografia, ele revelava que foi mudando de opinião sobre o que cria e sobre o que escreveu nos comentários. Ele já não acreditada que Jesus era Deus, que Ele teria morrido por nós, não acreditava no inferno e cria que todos seriam salvos no final. Em seu ultimo livro, ele se declara agnóstico.
Na Bíblia, há vários motivos para que alguém se desvie da fé. Na parábola do semeador há aqueles que ouvem, mas que depois esquecem. Paulo fala sobre os que dão ouvidos às doutrinas de demônios e se apartam da fé e sobre os que abraçavam a, falsamente chamada, ciência. Existem vários casos de apostasia na igreja, de pessoas que amaram o mundo e que se afastaram do conhecimento do Deus vivo. Em resumo, os motivos externos são vários: dinheiro, sexualidade, insubmissão, problemas não resolvidos etc. Nesta palestra, quero falar de uma causa externa da apostasia: a crença em doutrinas diferentes da verdade de Deus.

15 de ago de 2012

Seguidores ou Formadores de Cultura? - Heber Campos Júnior

5 de ago de 2012

Cuide dos meus cordeiros - Charles Spurgeon

Um excelente texto sobre os cuidados necessários para com os novos convertidos e com as crianças. 

Nem os melhores da igreja são bons demais para esta obra. Não pense que, por você já ter outro trabalho para fazer, não deva se interessar por esta espécie de trabalho santo; ao contrário, com toda bondade, de acordo com suas possibilidades, disponha-se a ajudar os pequeninos e alegrar aqueles que têm o chamado para cuidar deles. Para todos nós vem a mensagem: "Cuide de meus cordeiros" (nvi), "Apascente os meus cordeiros" (ara). Para o pastor e para todas as pessoas que conheçam as coisas de Deus, é dada a comissão. Cuide bem das crianças que estão em Cristo Jesus. Pedro era um líder entre os crentes, contudo, ele devia alimentar os cordeiros.

Os cordeiros são os mais novos do rebanho. Por isso, devemos cuidar de modo especial daqueles que são novos na graça. Podem ser velhos em anos, mas ainda assim serem bebês na graça quanto à idade de sua vida espiritual, e por isso precisarem da tutela de um bom pastor. Assim que uma pessoa é convertida e acrescentada à igreja, ela deve tornar-se alvo do cuidado e da bondade de seus irmãos na fé. Ela acabou de chegar entre nós e não tem amigos conhecidos entre os santos, portanto, devemos ser amigáveis com essa pessoa. Mesmo que seja para deixar nossos amigos mais antigos, precisamos ser bondosos para com aqueles que são recém-escapados do mundo, e que vieram encontrar refúgio no Todo-Poderoso e no seu povo.

1 de ago de 2012

Apostasia - Paulo Júnior

Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição. (II Ts 2:6) 
Estamos vivendo tempos de apostasia, o abandono da fé, um dos pricipais sinais da volta de Cristo. Não esmoreça, mantenha-se firme! Ora vem Senhor Jesus!

29 de jul de 2012

50 cristãos queimados vivos na casa de um pastor na Nigéria

O país se transformou em um campo de extermínio; muçulmanos declaram “convertam-se ou morram”

Cinquenta membros de uma igreja no norte da Nigéria foram queimados vivos na casa do pastor.

O ataque, realizado por homens armados, foi apenas o primeiro de uma onda de violência que se espalhou por 12 vilas e deixou mais de 100 mortos no estado nigeriano de Plateau, região que anteriormente estava fora da área de atuação do grupo islâmico terrorista Boko Haram e é a terra natal da etnia fula, majoritariamente islâmica.
Apesar disso, o Boko Haram assumiu responsabilidade pelos ataques e prometeu mais violência.
O porta-voz americano da Missão Portas Abertas, Jerry Dykstra, alerta que a recente onda de ataques está rapidamente se transformando em um funesto campo de batalha religioso, onde o Boko Haram declara que os cristãos devem se converter... ou morrer.

26 de jul de 2012

O Terrível Dia do Senhor - Charles Spurgeon

20 de jul de 2012

E quanto aos Budistas, Hindus, Muçulmanos e Judeus? - John Piper

17 de jul de 2012

Livro: Pescadores de Crianças - Charles Spurgeon

Posso dizer que me surpreendi ao ler este livro! Um excelente livro que trata da importância do ensino infantil e sobre a salvação desses pequeninos. Spurgeon nos exorta a trabalharmos pela conversão de crianças e mostra quão honrado e recompensador é este trabalho, afinal de contas, alguém salvo ainda na infância, tem toda uma vida de dedicação ao Senhor, e quantos frutos produzirá para seu Reino! Que a Igreja redescubra a importância dessas pequenas ovelhas! Recomendo a todos, mas principalmente, a todos os pais e a todos aqueles que têm crianças sob seus cuidados.

Sinopse: Neste livro, você encontrará encorajamento, orientação prática e princípios bíblicos para renovar suas energias no ministério com crianças. Você ganhará uma nova visão da importância do trabalho em que está envolvido. Spurgeon nos desafia, demonstrando que falar de Jesus às crianças é a tarefa mais importante que uma pessoa possa desempenhar, quer seja ela um pai, professor ou pastor. 

14 de jul de 2012

Quem está no Controle? (Ez 36:24-27) - Paul Washer

8 de jul de 2012

Um Chamado à Oração - Paulo Junior

Mais um poderoso chamado a uma vida de oração. Como disse Ravenhill: "o crente que não ora está se desviando"...

5 de jul de 2012

Livro: O Sorriso Escondido de Deus - John Piper

John Piper faz uma breve análise da vida de três homens: John Bunyan, William Cowper e David Brainerd. Homens que influenciaram toda uma geração de cristãos, e ao mesmo tempo tiveram suas vidas marcadas por sofrimento (no corpo e na alma), mostrando que a vida cristã não é incompatível com o sofrimento e explicando que propósitos Deus pode ter no sofrimento do cristão.  

Sinopse: Nas vidas de John Bunyan, William Cowper e David Brainerd, encontramos a força de alma que não somente suporta tempos difíceis, mas honra a Deus em meio a eles. John Piper o convida a ler a história deles, conhecer suas vidas e ser encorajado pelo fato de que nenhum labor e nenhum sofrimento no caminho da obediência cristã é em vão.
Editora: Vida Nova

2 de jul de 2012

Vocês são uma igreja ou um clube? - John Piper

26 de jun de 2012

Missão Nepal - Paul Washer

23 de jun de 2012

Seriam Suas Afeições Espirituais? – Jonathan Edwards

A quem, não havendo visto, amais; no qual, não vendo agora, mas crendo, exultais com alegria indizível e cheia de glória " (I Ped. 1:8).

O verdadeiro cristão tem uma convicção sólida e efetiva da verdade do evangelho. Não hesita mais entre duas opiniões. O evangelho deixa de ser duvidoso ou provavelmente verdadeiro, tornando-se estabelecido e indiscutível em sua mente. As coisas grandes, espirituais, misteriosas e invisíveis do evangelho influenciam seu coração como realidades poderosas.

Ele não tem simplesmente uma opinião que Jesus seja o Filho de Deus; Deus abre seus olhos para ver que este é o caso. Quanto às coisas que Jesus ensina sobre Deus, a vontade de Deus, a salvação e o céu, o cristão também sabe que são realidades indubitáveis. Têm, assim, uma influência prática em seu coração e em seu comportamento.

20 de jun de 2012

Cristãos na Coréia do Norte

O que você está disposto a fazer para que o evangelho alcance os perdidos? Veja este maravilhoso testemunho de uma garota da Coréia do Norte. Que Deus nos desperte do nosso comodismo!

17 de jun de 2012

Restaurando o Fervor Espiritual - Hernandes Dias Lopes

Os anos dramáticos da perseguição haviam chegado. A igreja estava encurralada, entrincheirada por forças hostis, por violência desumana. Havia chacina e banhos de sangue por todo o império romano, onde vários crentes eram mortos e trucidados. Eles eram queimados em praça publica, comidos por leões e pisoteados por touros. Os imperadores morriam e eram sucedidos, um a um, mas a perseguição não cessava. Todos os apóstolos já estavam mortos quando o apóstolo João é deportado, já velho, para a ilha de Patmos – talvez, uma tentativa de eliminar o último representante do cristianismo. Enquanto o imperador tentava destruir a Igreja, Deus estava a edificando. Enquanto João estava cercado por águas, isolado, reduzido a uma solidão imperiosa, enquanto todas as portas se fecharam para ele, Deus lhe abriu uma porta nos céus. Foi em um dia de domingo que Ele teve a visão. Uma voz soou como trombeta por detrás dele, dizendo: “o que vê escreve neste livro”. Quando ele foi ver quem era, ele não viu quem falava, mas viu 7 candeeiros e 7 castiçais e um semelhante ao filho do Homem. A única maneira de o mundo ver a Jesus é por meio da Igreja. A Igreja é o corpo de Cristo. A Igreja revela a Cristo. É por isso que congressos como este são tão importantes, pois mostra a unidade do povo de Deus e a beleza do evangelho de Jesus Cristo.

14 de jun de 2012

Evidências da Conversão - Paulo Junior

Num tempo onde qualquer um tem o "título" de cristão, independente da vida que leva ou do temor que possui, considero esta mensagem de fundamental importância. O pr. Paulo Júnior ensina biblicamente e de forma simples quais as principais evidências que caracterizam um cristão.

11 de jun de 2012

Como evangelizar pessoas - Paul Washer

8 de jun de 2012

A Guerra Global contra cristãos no mundo muçulmano - Ayaan Hirsi Ali

Ouvimos tantas vezes sobre os muçulmanos como vítimas de abuso no Ocidente e combatentes na Primavera árabe “a luta contra a tirania. Mas, na verdade, um tipo totalmente diferente de guerra está em curso uma batalha, não reconhecido custando milhares de vidas. Os cristãos estão sendo mortos no mundo islâmico por causa de sua religião. É um genocídio em ascensão que deve provocar alarme global.

O retrato de muçulmanos como vítimas ou heróis é na melhor das hipóteses parcialmente precisas. Nos últimos anos a opressão violenta das minorias cristãs se tornou a norma em países de maioria muçulmana que se estende desde a África Ocidental e do Oriente Médio para o Sul da Ásia e Oceania. Em alguns países são os governos e seus agentes que queimaram igrejas e preso paroquianos. Em outros, grupos rebeldes e vigilantes tomaram matérias em suas próprias mãos, assassinando cristãos e levá-los a partir de regiões onde as suas raízes vão séculos.

5 de jun de 2012

Cristo é Tudo! - Paul Washer

2 de jun de 2012

A Oração Toca A Eternidade - Leonard Ravenhill


A estatura espiritual de um crente é determinada pelas suas orações. O pastor ou crente que não ora está-se desviando. O púlpito pode ser uma vitrine onde o pregador exibe seus talentos. Mas no aposento da oração não temos como dar um jeito de aparecer.

Embora a igreja seja pobre sob muitos aspectos, é mais pobre ainda na questão da oração. Contamos com muitas pessoas que sabem organizar, mas poucas dispostas a agonizar; muitas que contribuem, mas poucas que oram; muitos pastores, mas pouco fervor; muitos temores, mas poucas lágrimas; muitas que interferem, mas poucas que intercedem; muitas que escrevem, poucas que combatem. Se fracassarmos na oração, fracassaremos em todas as frentes de batalha.

30 de mai de 2012

Porque a morte de Jesus foi tão sangrenta, brutal e horrenda - Steve Lawson

Vale muito assistir!

27 de mai de 2012

Um Coração Profundamente Afetado – Jonathan Edwards

O ser humano tem a tendência de permanecer inativo até ser influenciado por alguma emoção: amor ou ódio, desejo, esperança, temor etc. Essas afeições representam o "princípio da ação", aquilo que nos impulsiona, que nos faz agir.
Quando olhamos para o mundo, vemos pessoas extremamente ocupadas. As emoções mantêm-nas ocupadas. Se pudéssemos retirar a emoção das pessoas, o mundo ficaria imóvel e inativo; não haveria mais atividade. É o sentimento chamado "cobiça" que impele alguém a buscar vantagens mundanas; é o sentimento chamado "ambição" que induz alguém a buscar glória humana; é o sentimento chamado "lascívia" que leva a pessoa a buscar prazer sensual. Assim como os sentimentos mundanos são o princípio de ações mundanas, os sentimentos religiosos (Afeiçoes santas) constituem o princípio de ações espirituais verdadeiras.

24 de mai de 2012

Jesus bateria numa criança? - John Piper

21 de mai de 2012

Nigéria: Muçulmanos matam cerca de 300 Cristãos em 3 semanas

Cerca de 300 Cristãos inocentes foram mortos numa só diocese e outros 27 morreram em ataques levados a cabo em 3 igrejas à medida que a violência anti-Cristã escala na Nigéria.
O Rt Rev Timothy Yahaya, Bispo de Jalingo, disse ao Barnabas Fund que 300 Cristãos foram mortos na sua diocese numa série de incidentes que ocorreram durante 3 semanas. No Domingo dia 29/04/2012, no norte da Nigéria, 3 serviços religiosos Cristãos foram atacados, deixando 27 Cristãos mortos. O primeiro aconteceu quando os Cristãos se haviam reunido para a adoração na Bayero University em Kano.

Até agora confirma-se a morte de 22 Cristãos (ao mesmo tempo que 23 ficaram feridos) depois de bombas terem sido arremessadas para dentro do edifício por volta das 8:30 da manhã. Testemunhas afirmaram que os assassinos muçulmanos começaram por atirar explosivos e a disparar para o local, prosseguindo com os ataques aos Cristãos à medida que estes fugiam do local.
Mais tarde, e no mesmo dia, os terroristas muçulmanos abriram fogo contra outra igreja na cidade de Maiduguri. Cinco Cristãos, incluindo um pastor, foram mortos no ataque levado a cabo contra o edifício da "Church of Christ in Nigeria" (COCIN).

18 de mai de 2012

Onde Estão Os Homens? (Pregação completa) - Paul Washer

Nesta mensagem, Paul Washer ensina que mesmo que tenhamos a doutrina correta, é indispensvel sermos cheio do Espírito Santo para fazer a obra de Deus. 

12 de mai de 2012

A Importância do Espírito Santo - Paulo Junior

Este é um trecho da pregação onde o pr. Paulo júnior nos fala da importância do poder do Espírito Santo para podermos viver a vida cristã conforme a vontade de Deus.

6 de mai de 2012

Tome cuidado com a TV - John Piper

27 de abr de 2012

Preparando Meu Coração Para Aquele Dia - George Muller

Aprouve ao Senhor ensinar-me uma verdade, que tem beneficiado a minha vida por mais de catorze anos. É o seguinte: percebi, muito mais claramente do que antes, que o assunto mais importante e mais urgente com que tenho de me ocupar a cada dia é conservar a minha alma muito feliz no Senhor. A primeira coisa com que devo me preocupar não é tanto o quanto eu posso servir ao Senhor, mas o quanto eu posso colocar a minha alma num estado de felicidade no Senhor e alimentar o meu homem interior.

Eu poderia procurar servir ao Senhor pregando a verdade aos incrédulos; poderia procurar beneficiar os crentes; poderia cuidar de aliviar os oprimidos. Poderia ainda procurar proceder de tal maneira a me comportar como um filho de Deus neste mundo, e contudo, por não estar feliz no Senhor e não ser alimentado e nutrido no meu homem interior dia a dia, tudo isto poderia não ser praticado corretamente, ou no espírito certo.

24 de abr de 2012

Não Sei se sou Salvo - Paul Washer

22 de abr de 2012

Psicóloga Marisa Lobo: sendo perseguida por se declarar cristã

Conheça o caso da psicóloga Marisa Lobo, que, segundo informações publicadas por ela própria em seu Twitter, o Conselho Federal de Psicologia ameaçou cassar seu registro de profissional caso não negue sua fé em Cristo em até 15 dias. Mesmo ela deixando claro que não professa sua fé dentro do consultório. Para evitar a cassação, Marisa Lobo também deveria retirar de seus perfis nas mídias sociais toda e qualquer menção à sua fé, ou parar de exercer a profissão.

Reportagens:
Site Guia-me

Vídeo de desabafo gravado por ela mesma:
Youtube

Blog da psicóloga Marisa Lobo com a declaração entregue ao Conselho Federal de Psicologia:

Veja abaixo a entrevista feita por Júlio Severo com a psicóloga:
Fonte: site Júlio Severo

Julio Severo entrevista Marisa Lobo, psicóloga cristã ameaçada pelo CFP

Perseguida pelo Conselho Federal de Psicologia, Marisa Lobo dá suas razões para defender sua fé em meio a hostilidades profissionais, legais e sociais. 

18 de abr de 2012

Onde Estão os Homens de Deus? - Steve Hill

15 de abr de 2012

Precisa-se: Profetas Para O Dia Do Juízo - Leonard Ravenhill

A cabeça de Paulo já está mesmo prestes a rolar. E daí? Então diante de Agripa esse destemido discípulo não tem medo, nem usa de meias medidas. Na verdade ele não consegue ser falso em nenhuma situação, nem em lugar algum. A coragem física é uma forma pela qual um homem pode se distinguir. Mas a coragem moral, que não treme ante as opiniões dos outros, sejam eles quem forem, é outra coisa. Paulo possuía esses dois tipos de coragem que fizeram dele um Daniel cristão, numa “cova de leões” romana. Os homens poderão destruir o corpo de um profeta, mas nunca destruirão o profeta.

Mas, como eu ia dizendo, quando Paulo se apresentou perante o rei Agripa, já estava com a cabeça prestes a rolar. Ciente de que já estavam bem perto os pés daqueles que o sepultariam, ele prega com maior fervor, a ponto de aquele rei imoral gaguejar: “Por pouco me persuades a me fazer cristão”. E também Festo, que era um dos convidados, esquece as regras da boa educação, e interrompe-o: “Estás louco, Paulo; as muitas letras te fazem delirar”. Ao que o apóstolo responde: “Não estou louco, ó excelentíssimo Festo”. (Acho que o tom de voz que ele empregou aqui dava a entender que os ouvintes é que estavam loucos.)

12 de abr de 2012

Jesus: O Cordeiro de Deus (pregação completa) - David Wilkerson

9 de abr de 2012

O Declínio do Cristianismo - Roberto Aguiar

O cristianismo está em declínio nos Estados Unidos e no resto do mundo, os números não mentem. Quando se examinam os números friamente, não é possível chegar à outra conclusão. Ao longo das últimas décadas, a porcentagem de cristãos na América só diminui. Isto é mais claro entre os jovens. Milhões de cristãos nos Estados Unidos simplesmente não acreditam mais nos princípios fundamentais da fé cristã.

Como os EUA são a maior nação cristã do mundo, isto significa que qualquer mudança drástica por lá tem implicações profundas para o restante do planeta. Enquanto vários países da Europa já dizem estar num mundo secularizado e “pós-cristão”, os Estados Unidos estão caminhando na mesma direção. Igrejas estão encolhendo, o ceticismo é crescente e apatia sobre assuntos espirituais cristãos parece ter atingido uma alta histórica.

6 de abr de 2012

A Volta De Jesus (Pregação completa) - Paulo Junior

Pregação sobre os sinais atuais da volta de Cristo. Uma mensagem de alerta!

3 de abr de 2012

Sinais do Homem Espiritual - A. W. Tozer

O conceito de espiritualidade varia entre os diversos grupos cristãos. Em alguns círculos, a pessoa que fala incessantemente de religião é julgada como sendo muito espiritual. Outros aceitam a exuberância ruidosa como um sinal de espiritualidade, e em algumas igrejas, o homem que ora em primeiro lugar, por mais tempo e mais alto consegue uma reputação de ser o mais espiritual na assembléia.

Um testemunho vigoroso, orações freqüentes e louvor em voz alta podem entrosar-se perfeitamente com a espiritualidade, mas é importante entendermos que em si mesmos eles não constituem nem provam a presença da mesma. A verdadeira espiritualidade manifesta-se em certos desejos dominantes. Eles são desejos sempre presentes, fixos, suficientemente poderosos para dominar e controlar a vida da pessoa. Para facilitar, vou mencioná-los, embora não me esforce para decidir sua ordem de importância.

31 de mar de 2012

Um chamado ao fascínio - Paul Washer

28 de mar de 2012

8 Conselhos para o ministro no seu relacionamento com o rebanho - Richard Baxter

1 - Discirnam o caráter das pessoas com quem tratam.
Aos jovens, enfatizem a necessidade de pudor e de domínio próprio, mostrando-lhes o valor da mortificação da carne contra as paixões e volúpias sexuais e tendo liberdade para ordenar que tratem os seus superiores ou mais velhos, com reverência e afeto. Aos idosos, enfatizem o valor do desapego aos decaídos valores da era presente, conscientizando-os dos poderes do mundo vindouro; prevenindo-os contra o agravamento dos pecados e estimulando-os à santidade. Aos ricos, convençam-nos da vaidade deste mundo; mostrem-lhes a natureza e necessidade da autonegação e as implicações da escolha de valores temporais em detrimento do reino dos céus; demonstrem-lhes o valor do aperfeiçoamento dos dons e talentos, segundo o temor do Senhor e o amor a Deus e ao próximo. Aos pobres, mostrem-lhes as grandes riquezas da glória de Deus e as promessas de felicidade eterna oferecidas no evangelho, e como poderão passar sem o conforto presente, sabedores de que Deus conhece cada uma de suas necessidade e cuida de cada um de nós, pessoal e nominalmente. Nossos pecados mais persistentes incidem sobre nossas falhas de caráter ou coração, explorando características diferenciais, tais como sexo, idade, posição social, profissão.

25 de mar de 2012

Sobre quem a Bíblia fala?

22 de mar de 2012

Aproveite o tempo agora - John C. Ryle

E aconteceu, depois disto, que andava de cidade em cidade, e de aldeia em aldeia, pregando e anunciando o evangelho do reino de Deus; (Lucas 8:1)

Notemos nesses versículos a atividade incansável de nosso Senhor em fazer o bem. Nos é dito que caminhava por todas cidades e aldeias pregando e anunciando o evangelho do reino de Deus. Conhecemos a recepção que encontrava em muitos lugares. Sabemos que enquanto alguns criam, muitos não criam. Porem, a incredulidade dos homens não fazia nosso Senhor desistir de Sua obra. Ele estava sempre "cuidando dos negócios de Seu Pai". Curta como foi sua missão terrena no tocante a sua duração, foi longa se considerarmos o que ele cumpriu em efeito.

19 de mar de 2012

Igreja Perseguida - Missão Portas Abertas

Para os que acreditam que só os cristãos da Igreja primitiva sofreram perseguição, saibam que a cada cinco minutos um Cristão é morto por causa de sua fé. Ou seja, todo ano 105 mil pessoas são brutalmente assassinadas por professarem Jesus Cristo como Salvador da humanidade. Pesquisem a respeito e visitem o site Portas Abertas. O vídeo abaixo conta um caso verídico:

16 de mar de 2012

Uma Palavra Sobre Astros Gospel Mirins - Ciro Sanches Zibordi

Estou preocupado com a exploração mercantilista dos chamados pregadores e cantores mirins, crianças entre 8 e 12 anos, em geral. No caso dos pregadores mirins, muitos estão imitando famosos animadores de auditório. E, pasmem, já existe até bebê avivalista! Quanto aos cantores mirins, a exploração, que começou em programas de auditório — a qual envolve até dança erótica (!), em alguns casos —, agora ocorre também no meio evangélico.

Muita gente está maravilhada com os animadores de plateia mirins, por serem eles miniaturas dos pregadores malabaristas. Mas é preciso ver o outro lado da moeda: o perigo da adultização precoce. Essas crianças estão cheias de trejeitos que não pertencem à fase infantil: berram ao microfone, como se fossem pôr as entranhas pela boca, correm de um lado para o outro, fazem gracejos (que muitas delas sequer entendem, claramente), dão golpes no ar, empregam bordões e até aparentam ser soberbas.

13 de mar de 2012

Você se Considera Um Cristão? - Paulo Junior

10 de mar de 2012

Fuja Das Conformações Com o Mundo - Charles H. Spurgeon

As vacas feias à vista e magras comiam as sete formosas à vista e gordas. Gn 41.4

O sonho de Faraó tem sido, com muita frequência, a experiência de meu viver. Meus dias de indolência destruíram tudo o que eu havia conseguido em dias de trabalho zeloso. As estações de frieza congelaram todo o glorioso esplendor de meus períodos de fervor e entusiasmo. As conformações com o mundo causaram um recuo no avanço de minha vida espiritual. Preciso acautelar-me de magreza na oração, na adoração, nas experiências com o Senhor e nos deveres pois estes comerão a gordura de meu conforto e paz.

Se negligencio a oração por breve tempo, eu perco toda a espiritualidade que alcancei. Se eu não receber novos suprimentos do céu, o trigo velho em meu celeiro logo será consumido pela fome que assola a minha alma. Quando as lagartas da indiferença, do mundanismo e da auto-indulgência deixarem meu coração completamente desolado e fizerem minha alma definhar, toda minha antiga fertilidade e crescimento na graça serão de nenhum proveito para mim. Oh! como eu gostaria de não ter experimentado aqueles dias de magreza e aquelas horas feias!

7 de mar de 2012

Visão do céu - Paul Washer

4 de mar de 2012

"O maior inimigo de Jesus é o Cristianismo" - Augustus Nicodemus

Li esta frase hoje no Facebook. O problema dela é que não define nem Jesus e nem Cristianismo. Existem muitas concepções de Jesus e mais ainda do Cristianismo. Assim, a frase pode significar várias coisas para diferentes pessoas. Por exemplo.

Se o autor for um desigrejado, daquele tipo que quer Jesus mas não quer a igreja, ele deve entender, ao que parece, que Jesus era uma espécie de líder informal de um grupo desorganizado de pescadores, grupo este que após a sua morte se multiplicou em outros grupos que se encontravam em qualquer lugar, sem liderança, sem estrutura alguma, onde as coisas aconteciam sem planejamento e sem estrutura, ao sabor do "Espírito", onde não havia normas, críticas e o amor predominava. E Cristinianismo, para ele, deve ser uma religião que deturpou completamente este grupo informal de andarilhos, pois construiu templos, instituiu ofícios, estruturou liturgias, organizou-se hierarquicamente, criou credos doutrinários e confissões de fé, estabeleceu a disciplina eclesiástica e criou normas. E ao fazer isto, desviou-se de Jesus e de sua mensagem simples. E por usar o nome de Jesus, sendo uma religião que nada tem a ver com ele, se torna seu pior inimigo.

1 de mar de 2012

A Necessidade Que Há Em Você e Como Encará-la (Pregação Completa) - David Wilkerson

27 de fev de 2012

A regeneração e o novo nascimento - A. W. Pink

Duas coisas são absolutamente essenciais para a salvação: a libertação da culpa e da penalidade do pecado e a libertação do poder e da presença do pecado. A primeira é assegurada pela obra mediadora de Cristo, a outra é realizada pelas operações eficazes do Espírito Santo. A primeira é o bendito resultado do que o Senhor Jesus fez para o povo de Deus, a outra é a gloriosa conseqüência do que o Espírito Santo faz no povo de Deus. A primeira acontece quando, tendo sido trazido ao pó como um mendigo de mãos vazias, a fé é capacitada a se apegar a Cristo; Deus então o justifica de todas as coisas e o pecador tremendo, penitente, mas crendo, recebe um completo e gratuito perdão. A outra acontece gradualmente, em distintos estágios debaixo da divina benção da regeneração, santificação e glorificação.

24 de fev de 2012

Isso é Igreja!

21 de fev de 2012

A Voz do Verbo - A. W. Tozer

Qualquer homem de inteligência média, ainda que não instruído das verdades do cristianismo, chegando a ler esse texto, certamente concluirá que João tencionava ensinar que falar faz parte da natu­reza de Deus, ou seja, Ele deseja comunicar seus pensamentos aos outros seres inteligentes. E teria plena razão. A palavra (verbo) é o meio através do qual os pensamentos são expressos — pelo que também a aplicação do termo "Verbo" ao Filho eterno de Deus leva-nos a crer que a auto-expressão faz parte inerente da divindade, e que Deus está sempre procurando falar de Si mesmo às Suas cria­turas. E a Bíblia inteira apóia essa idéia. Deus continua falando. Não somente falou, mas continua falando. Por força de Sua própria natu­reza, Ele se comunica continuamente. Enche o mundo com Sua voz.

Uma das grandes realidades que temos de levar em conta, e com a qual nos vemos a braços, é a voz de Deus neste mundo. A hipótese mais simples sobre a formação do universo, e a mais certa, é essa: "Ele falou, e tudo se fez." A razão de ser da lei natural não é outra senão a voz de Deus, imanente em Sua criação. E essa palavra de Deus, que trouxe à existência todos os mundos criados, não pode ter sido a Bíblia, porquanto esta não fora escrita nem impressa ainda, mas é a expressão da vontade de Deus, manifesta na estrutura de todas as coisas. Essa palavra que vem de Deus é o sopro divino que enche o mundo de potencialidade vital. A voz de Deus é a mais poderosa força que há na natureza, e, na realidade, a única força que atua na natureza, onde reside toda a energia pelo simples fato de que a palavra de poder foi proferida.

18 de fev de 2012

A Perseguição Vindoura - Steve Lawson

12 de fev de 2012

A beleza de Jesus Cristo - Paul Washer

9 de fev de 2012

Só Conhecimento Não Basta - Jonathan Edwards

Não importa quanto as pessoas possam saber sobre Deus e a Bíblia, isto não é um sinal certo de salvação. O diabo antes de sua queda, era uma das mais brilhantes estrelas da manhã, uma labareda de fogo, um que excedia em força e sabedoria. (Isaías 14:12, Ezequiel 28:12-19).

Aparentemente, como um dos principais anjos, Satanás conhecia muito sobre Deus. Agora que ele está caído, seu pecado não tem destruído suas memórias de antes. O pecado destrói a natureza espiritual, mas não as habilidades naturais, tais como a memória. Que os anjos caídos têm muitas habilidades naturais pode ser visto em muitos versos da Bíblia, por exemplo, Efésios 6:12. "Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais". No mesmo modo, a Bíblia diz que Satanás é "mais astuto" do que os outros seres criados. (Gênesis 3:1, também 2 Coríntios 11:3, Atos 13:10) Portanto, podemos ver que o Diabo sempre teve grandes habilidades mentais e que é capaz de conhecer muito sobre Deus, sobre o mundo visível e invisível, e sobre muitas outras coisas.

6 de fev de 2012

Ser Crente é Chato ? - Paulo Junior

3 de fev de 2012

Pregação Expositiva - Mark Dever

O ponto para começar a falar sobre as marcas da igreja saudável é onde Deus começa conosco – o modo como Ele fala conosco. Foi por aí que a nossa própria saúde espiritual veio, e é por esse caminho que a saúde de nossas igrejas virá também. Especialmente importante para qualquer um que esteja na liderança de uma igreja, mas particularmente para o pastor, é um compromisso com a pregação expositiva, um dos mais antigos métodos de pregação. Trata-se da pregação cujo objetivo é expor o que é dito em uma passagem particular da Bíblia, explicando cuidadosamente seu significado e aplicando-o à congregação (veja Neemias 8:8). Existem, evidentemente, muitos outros tipos de pregação. Sermões tópicos, por exemplo, coletam tudo o que a Bíblia ensina sobre um único assunto, como a oração ou a contribuição. A pregação biográfica aborda a vida de alguém na Bíblia e retrata-a como uma demonstração da graça de Deus e como um exemplo de esperança e fidelidade. Mas a pregação expositiva é algo diferente – uma explicação e aplicação de uma porção particular da Palavra de Deus.

31 de jan de 2012

Sacrificio Cristão Radical - John Piper

28 de jan de 2012

50 razões pelas quais precisamos de um avivamento - Anderson Zem

Eu sugiro que você, antes de mais nada, abra a sua Bíblia no capítulo vinte e oito de Atos, versículo trinta e dois. Bom, você não vai encontrar esse versículo lá na sua Bíblia porque a História da Igreja não acabou! Eu e você é que estamos escrevendo ela agora. Somos nós que vamos determinar o que será daqui por diante. Reflita um pouquinho, como uma história que começou tão bem pode estar acabando tão mal? Se Jesus é o mesmo ontem, hoje e eternamente, por que a sua Igreja mudou tanto? Acho que é hora de revermos os nossos conceitos. Então vamos lá tentar dar uma resposta bíblica pra essas questões, comparando a Igreja Primitiva com a Igreja Contemporânea:

1
A Igreja Primitiva tinha comunhão, nós apenas uma associação - a comunhão é em torno de Alguém, a associação gira em torno de algo (um evento, uma festa, etc). Em uma associação celebramos uma coisa (uma entidade, um prédio, etc), na comunhão celebramos uma Pessoa (Jesus de Nazaré). Em uma associação nós procuramos nos beneficiar dos outros, na comunhão nos preocupamos em beneficiar os outros. Em uma associação nós queremos ser ajudados, na comunhão nós ajudamos. Em uma associação queremos dividir nossos problemas, na comunhão nós compartilhamos da solução!

25 de jan de 2012

Sincretismo: O Abandono Do Verdadeiro Evangelho - Hernandes Dias Lopes

22 de jan de 2012

Livro - Manual Pastoral de Discipulado - Richard Baxter



"Todo pastor deveria ler este livro!" É assim que eu resumiria esta obra. Richard Baxter (o mais notável dos pastores puritanos) escreveu este livro para pastores, ensinando-os a cuidar de pessoas. O objetivo de Baxter é mostrar que pastorear vai muito além da pregação de púlpito, pastorear é discipular, pessoal e individualmente, cada membro da congregação, e o pastor deve dedicar sua vida a este honrado trabalho. A obra é muito abrangente, pois trata não apenas do ministério, mas também da vida devocional do ministro, pois antes de discipular o povo, o pastor deve discipular a si mesmo e ser exemplo para o rebanho. Recomendo também para todo aspirante ou que já trabalha num ministério de discipulado.

Sinopse: Este livro é um trabalho extraordinário que deveria ser lido por todo pastor, especialmente os mais jovens, antes de tomar um povo sob seus cuidados. Sua parte prática deveria ser relida de tempos em tempos a fim de despertar o zelo por seu trabalho. A falta de zelo faz com que muitos homens bons sejam sombra do que poderiam ser, pela graça de Deus, se buscassem medidas apresentadas neste incomparável trabalho. Phillip Doddrigde
Como pastor ... Baxter era incomparável ... Seus feitos em Kidderminster foram notáveis.  A Inglaterra não viu antes nenhum ministério como o de Baxter. O vilarejo tinha uns 800 lares, quase 2 mil pessoas. Era “um povo ignorante, rude e dado à folia” quando Baxter chegou, o que, entretanto, foi mudado de maneira dramática.
Quando em dezembro de 1743 [Um século depois], George Whitefield visitou Kidderminster, escreveu a um amigo: “Fui grandemente reconfortado ao encontrar um doce perfume da doutrina do bom Sr. Baxter, cujas obras e disciplina permaneceram até hoje”.
Professor escolar por instinto, Baxter geralmente se chamava de mestre de seu povo, e o ensino era, para ele, a principal tarefa do pastor.

19 de jan de 2012

Citações de Leonard Ravenhill

16 de jan de 2012

Igreja Emergente: Um Assalto à Palavra de Deus - John Macarthur

    Conquanto Martinho Lutero tenha convocado a igreja cristã de volta à Escritura Sagrada, e à simplicidade do evangelho, alguns movimentos modernos, como a Igreja Emergente, ressuscitaram o “mistério” e questionam a tradicional compreensão do evangelho.

    “Queremos abraçar o mistério, em vez de conquistá-lo”, declaram os líderes do movimento. Uma de suas figuras eminentes foi citada na Christianity Today, com estas palavras: “Não acho que tenhamos compreendido o evangelho até agora... Nem os liberais, nem nós mesmos. Nenhum de nós conseguiu chegar à ortodoxia”.

    As igrejas emergentes compõem uma rede informal de comunidades em todo o mundo, acreditando que o caminho para Deus, nos dias de hoje, deve ser focalizado de preferência nos relacionamentos e nas ideias emergentes, em vez de repousarem sobre as cruas verdades e as tradicionais declarações de fé. Elas favorecem o diálogo sobre a doutrina, estando cheias de pessoas que afirmam não mais se sentirem à vontade na igreja tradicional. Dentro das paredes das igrejas emergentes, estão sendo colocados sofás, em lugar dos bancos de madeira, com as conversações substituindo as pregações, transigências-concessões em vez de convicções e questionamentos em lugar da aceitação das verdades bíblicas. 

13 de jan de 2012

Sem Oração: Sem Resposta (Pregação completa) - Paulo Júnior

Como anda sua comunhão com Deus? Você é um homem de oração? Nesta pregação o pr. Paulo Júnior nos desafia e encoraja a termos uma vida de profunda comunhão com Deus através da oração. Recomendadíssimo! 

10 de jan de 2012

Sofrimento: A escola de Deus - Charles Spurgeon

Dizemos que o Capitão da nossa salvação tornou-se perfeito por meio do sofrimento – “Embora sendo filho, aprendeu a obediência pelas coisas que sofreu” (Hb 5.8) – portanto nós, que somos pecaminosos, e estamos longe de ser perfeitos, não nos admiremos se formos chamados a passar também por sofrimentos.

Será a cabeça coroada de espinhos, e estarão outros membros do corpo a rodopiar em torno dos regalos do bem-estar? Deve Cristo passar por mares de seu próprio sangue para conquistar a coroa, e estamos a caminhar em direção ao céu com os pés enxutos e sapatilhas de prata?

Não! A experiência de nosso Mestre ensina-nos que o sofrimento é necessário, e o filho nascido de Deus não deve escapar, e não escapará, se puder. Mas há um pensamento muito confortante no fato de “ser feito perfeito por meio do sofrimento” de Cristo. É que Ele pode ter completa simpatia por nós. “Ele não é um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas.”

7 de jan de 2012

Os Salmos e as Emoções - John Piper

4 de jan de 2012

Os Evangélicos e a Revolução Moral Gay - Albert Mohler Jr.

A igreja cristã tem enfrentado muitos desafios na sua história de 2000 anos. Mas agora está
enfrentando um desafio que  sacode seus alicerces: o homossexualismo. Para muitos observadores, isso parece estranho e até mesmo trágico. Por que os cristãos não podem simplesmente unir-se à revolução?

E não se enganem, é uma revolução moral. Como o filósofo Kwame Anthony Appiah da Universidade de Princeton demonstrou em seu recente livro, "The Honor Code" (O Código de Honra), as revoluções morais geralmente permanecem por longos períodos. Mas isso é difícil de acontecer com o que temos testemunhado na questão do homossexualismo.

Em menos de uma simples geração, o homossexualismo passou de uma coisa que era quase universalmente entendida como pecado, para outra  que está sendo declarada equivalente à moral da heterossexualidade — e merece tanto a proteção legal quanto o encorajamento público. Theo Hobson, um teólogo britânico, argumenta que isto não é exatamente o enfraquecimento de um tabu. Pelo contrário, é uma inversão moral que acusa aqueles que defendem a antiga moralidade de nada menos que "deficiência moral".

1 de jan de 2012

Uma Igreja Bíblica (Pregação completa) - Paul Washer

Uma das melhores pregações que já ouvi sobre a igreja. Uma benção!