Pesquisar neste blog

28 de abr de 2011

Faleceu ontem (27-04-2011) David Wilkerson



"Preciosa é à vista do SENHOR a morte dos seus santos." Sl 116:15

Foi com muita tristeza que recebi a notícia da morte do reverendo David Wilkerson. O pastor morreu ontem em um acidente de trânsito.
David Wilkerson foi uma voz profética em nossos tempos. Trabalhou muitos anos na recuperação de viciados e moradores de rua. Era pastor fundador da Igreja de Times Square em Nova York (com mais de 8.000 membros). Ficou conhecido por seu livro "A cruz e o punhal" e pelos sermões denunciando o mundanismo e as falsas manifestações espirituais na igreja. Um exemplo de amor, fé e piedade.
Agora terminou seu combate. Está em seu merecido descanso com o Senhor, recebendo dEle a sua coroa. Deus está enxugando dos seus olhos toda a lágrima.

"Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda." II Tm 4:7-8

Deixo para reflexão o comentário de um pastor sobre seu falecimento:
Os nossos bons referenciais estão indo embora. Que rastro estamos deixando, nós, que paulatinamente assumimos o lugar de cada um deles?

Que Deus nos envie outros David Wilkerson(s)...

Segue abaixo a última devocional escrita por David Wilkerson:

27 de abr de 2011

Leonard Ravenhill - Biografia



24 de abr de 2011

A necessidade da santidade no ministério pastoral - Richard Baxter

Atentem que não estejam vazios da mesma graça salvadora de Deus que oferecem a outros, alheios à operação efetiva do evangelho que pregam, para que, enquanto proclamam ao mundo a necessidade de um Salvador, seu próprio coração não seja negligenciado e acabem perdendo o interesse no próprio Senhor e em sua obra. Cuidem que não pereçam, morrendo de fome enquanto preparam o alimento para o povo...

Ser um professor não-santificado já é uma grande temeridade; mas, pior ainda, é ser um pregador não-santificado. Os senhores não temem que, ao abrir a Bíblia, leiam a sua própria sentença de morte? Não temem que, ao preparar o sermão, estejam escrevendo a acusação de sua própria alma? Quando argumentam contra um pecado, acaso não fazem aumentar a gravidade de sua própria condição? A proclamação das insondáveis riquezas de Cristo e sua graça não anuncia sua própria iniqüidade, caso a rejeitem e evitem? Como os senhores poderão persuadir os homens a aceitar Cristo, conduzi-los do mundo para uma vida de fé e santidade, se eles mesmos, despertada a consciência, discernirão também a confusão interior de quem lhes fala? Muitos, ao falar do inferno, falam da própria herança; ao descrever as alegrias do céu, descrevem a própria miséria, pois não têm direito à "herança dos santos em luz". O que poderá ser dito que não seja contra a própria alma?

21 de abr de 2011

Deus não está restrito ao tempo - C. S. Lewis



19 de abr de 2011

Frases 48 - Charles H. Spurgeon


"A Palavra de Deus tem sido suficiente para interessar e abençoar a alma humana ao longo dos tempos; as novidades, todavia, rapidamente perecerão."


"Alguém conhece ou já ouviu falar sobre alguma conversão, senão a que está na Palavra?"


"Se há na Bíblia algum fato, ou alguma doutrina, ou promessa, que não tenha causado um efeito prático no seu temperamento ou no seu comportamento, fique ciente de que você não creu nisto verdadeiramente." (Spurgeon citando Payson)

17 de abr de 2011

Livro - A Maior Luta do Mundo - Charles H. Spurgeon



Em um dos seus últimos sermões, numa conferência para pastores, Spurgeon prega sobre a importância das Escrituras (infalível e insubstituível), sobre o amor à igreja e sua santidade, e sobre a dependência do Espírito Santo para o ministério. Excelente livro! 

Sinopse:
No ano anterior à sua morte, em 1892, Spurgeon proferiu um sermão, em uma conferência, ao qual intitulou de "A Maior Luta do Mundo". Conforme suas próprias palavras, Spurgeon apresentou assim a sua pregação: “Os temas por mim tratados têm relação à obra de nossa vida: a cruzada contra o erro e o pecado, na qual estamos envolvidos. Espero que todos aqui se revistam da cruz em seu coração, e estejam empenhados em trabalhar e enfrentar perigos por Cristo e por sua cruz, e não descansem enquanto não virem a derrota de todos os inimigos de Cristo e a plena satisfação da vontade dEle. Os nossos pais costumavam falar sobre ‘a Causa de Deus e da Verdade’. Realmente, é por este motivo que estamos armados, os poucos contra os muitos, os fracos contra os fortes.”
Editora Fiel

14 de abr de 2011

Plena Satisfação em Deus, partes 7 e 8 (final) - John Piper


11 de abr de 2011

Cinco Votos para Obter Poder Espiritual - A. W. Tozer


Afirmações para o Reavivamento Pessoal

Algumas pessoas rejeitam a idéia de fazer votos, mas na Bíblia você en­contrará muitos grandes homens de Deus que foram dirigidos por alianças, pro­messas, votos e compromissos. O salmista não era avesso a fazer votos. "Os votos que fiz, eu os manterei, ó Deus", disse ele. "Render-te-ei ações de graça" (Sl 56.12).

Meu conselho nessa questão é que se você está realmente preocupado com seu avanço espiritual - a obtenção de novo poder, nova vida, nova alegria e novo reavivamento pes­soal dentro de seu coração -, será bom fazer certos votos e empenhar-se por cumpri-los. Se você falhar, prostre-se em humilhação, arrependa-se e comece novamente, mas sem­pre leve em consideração os votos feitos. Eles irão ajudar a harmonizar seu coração com os vastos poderes que fluem do trono onde Cristo está assentado, à destra de Deus.

8 de abr de 2011

O que é ser cheio do Espírito Santo? - Paulo Junior



6 de abr de 2011

Frases 47 - Leonard Ravenhill


"Ah, irmãos pregadores, nós apreciamos imensamente os grandes santos de Deus do passado, os nossos missionários, mártires, reformadores, como Lutero, João Bunyan, Wesley, etc. Nós escrevemos as biografias deles, reverenciamos seus feitos, compomo-Ihes elogios e erguemo-lhes memoriais. Fazemos qualquer coisa, menos imitá-los. Apreciamos o sangue que eles derramaram, mas não deixamos que se derrame nem uma gota do nosso!"

"Hoje em dia, estamos contaminados por um terrível mal: os pastores estão mais preocupados em encher a cabeça de conhecimentos do que ter um coração em chamas."

4 de abr de 2011

Livro - O Evangelho de Hoje: Autêntico ou Sintético? - Walter J. Chantry


Este livro nos mostra o quanto a maior parte da igreja de hoje se distanciou do evangelho bíblico. Ele faz uma exposição do evangelho com base no encontro de Jesus com o jovem rico, e ao mesmo tempo uma comparação do evangelho pregado por Jesus com o  "evangelho" pregado em muitas igrejas hoje. O autor consegue ser ao mesmo tempo simples, claro e profundo.

Sinopse:
“A não ser que nossas igrejas redescubram o caminho da salvação, pesquisando honestamente a Palavra de Deus, o protestantismo evangélico se enforcará num emaranhado de tradição humana... unidade não deve ser procurada às custas do evangelho.” Esta é a análise e o desafio que Walter J. Chantry nos entrega em O Evangelho de Hoje: Auténtico ou Sintético?
Editora Fiel

1 de abr de 2011

O Amor de Deus - David Wilkerson