Pesquisar neste blog

31 de jul de 2010

Repense seu amor por Cristo - John Macarthur

30 de jul de 2010

Frases 29 - Robert Leighton

"Confie tudo à altíssima providência de Deus e não permita que nada repouse em seu coração e nem entre ali, exceto unicamente Deus. Todas as coisas da terra são baixas e vis demais para ocupar o seu amor ou o seu cuidado, ou para inquietar o seu nobre coração, a sua mente - imortal e celestial. Que os que pertencem ao mundo se preocupem, lamentem-se ou se alegrem com as coisas do mundo. Por tais pessoas Cristo não orou."
"Você não pode agradar ou servir a dois senhores ao mesmo tempo. Você não pode amar coisas diversas e contrárias então, se você quer saber o que você realmente ama, marque bem aquilo que predominantemente ocupa o seu pensamento. Abandone a terra e tenha o céu; abandone o mundo e tenha Deus."

29 de jul de 2010

Livro - Por Que Acreditar na Bíblia? - John Blanchard

Este livro nos apresenta de forma sucinta os principais argumentos (desde o cumprimento de profecias, passando por um estudo dos pergaminhos originais até a impressionante concordância de uma obra escrita durante 1500 anos por cerca de 40 autores diferentes) que nos mostram que a Bíblia não é um livro qualquer, mas sim, a Palavra de Deus. Livro excelente pra evangelizar. Inclusive porque no final tem uma breve exposição do evangelho.


Sinopse: A Bíblia é o livro mais respeitado no mundo e, também, o mais insultado.
Milhões de pessoas buscam a Bíblia todos os dias, a fim de encontrar inspiração e direção para sua vida. Entretanto, por dois mil anos, nenhum outro livro tem sido tão odiado e atacado. Muitos de seus tradutores têm sido perseguidos, torturado e
assassinados, e inúmeras cópias de seu trabalho têm sido proibidas ou destruídas.
Para muitas pessoas, a Bíblia não é amada nem detestada; ela é nada mais que um antigo documento religioso que suscita uma multidão de dúvidas. Como podemos saber se o texto que temos em mãos corresponde ao original? Não seria ela apenas uma exposição de tradições? Como um livro tão velho pode ser relevante no século XXI?
A ciência não tomou o seu lugar no que se refere à explicação do mundo e de nosso papel nele? Neste livro você encontrará as respostas.
Publicado pela Editora Fiel.

27 de jul de 2010

Algumas ajudas práticas para aprofundar o desejo e o amor pela oração - John Piper

25 de jul de 2010

Os Desigrejados - Augustus Nicodemus Lopes

Para mim resta pouca dúvida de que a igreja institucional e organizada está hoje no centro de acirradas discussões em praticamente todos os quartéis da cristandade, e mesmo fora dela. O surgimento de milhares de denominações evangélicas, o poderio apostólico de igrejas neopentecostais, a institucionalização e secularização das denominações históricas, a profissionalização do ministério pastoral, a busca de diplomas teológicos reconhecidos pelo estado, a variedade infindável de métodos de crescimento de igrejas, de sucesso pastoral, os escândalos ocorridos nas igrejas, a falta de crescimento das igrejas tradicionais, o fracasso das igrejas emergentes – tudo isto tem levado muitos a se desencantarem com a igreja institucional e organizada.

Alguns simplesmente abandonaram a igreja e a fé. Mas, outros, querem abandonar apenas a igreja e manter a fé. Querem ser cristãos, mas sem a igreja. Muitos destes estão apenas decepcionados com a igreja institucional e tentam continuar a ser cristãos sem pertencer ou frequentar nenhuma. Todavia, existem aqueles que, além de não mais frequentarem a igreja, tomaram esta bandeira e passaram a defender abertamente o fracasso total da igreja organizada, a necessidade de um cristianismo sem igreja e a necessidade de sairmos da igreja para podermos encontrar Deus. Estas idéias vêm sendo veiculadas através de livros, palestras e da mídia. Viraram um movimento que cresce a cada dia. São os desigrejados.

22 de jul de 2010

A Igreja Emergente - John Piper

20 de jul de 2010

Frases 28 - A. W. Tozer

"Se Deus disse que Jonas foi engolido por uma baleia, então a baleia engoliu a Jonas, e não precisamos de nenhum cientista para medir a garganta da baleia."


"A moda atual de usar a ciência para confirmar o cristianismo não prova a veracidade da fé cristã, mas a incerteza que corrói o coração dos que precisam recorrer à ciência para que esta dê respeitabilidade à fé."


"Deus não se curvou à nossa pressa nervosa, nem adotou os métodos de nossa era mecânica. O homem que deseja conhecer a Deus precisa dedicar-lhe tempo."


"Só absortos em Deus, podemos manter um entusiasmo espiritual perpétuo, porque só Deus pode suprir novidade perene."

18 de jul de 2010

A salvação e a prática de obras

Escrevi o texto abaixo em resposta a um comentário no blog:


Primeiro devemos entender o que é salvação. Acho que a maneira mais fácil é comparar o estado do homem antes da salvação e depois dela:

Antes da salvação:
Morto espiritualmente. Não entende nem aceita as coisas de Deus. (Ef 2:1,5; I Co 1:18, 2:14)
Pecador por natureza. Escravo do pecado que nele habita. (Sl 51:5, Rm 3:10-12, Rm 3:23, Rm 7:17-24)
Se considera dono de si mesmo. Segue a vontade da sua carne, dos seus pensamentos e do espírito maligno. (Ef 2:2-3)
Já está condenado por Deus devido à sua natureza e aos seus pecados. (Ef 2:3, Jo 3:18, Rm 6:23)
Resumindo, ele tem 2 problemas: é pecador e já foi condenado, por isso está afastado de Deus. (Rm 3:23)

17 de jul de 2010

O Que Faço Se Não Tenho A Alegria Que Deveria Ter Em Deus? - John Piper

12 de jul de 2010

De Si Para Si Mesmo - Yago Martins

11 de jul de 2010

Quando Damos, Recebemos - Charles Spurgeon


Aqui nos é ensinada a grande lição de que para recebermos devemos dar; para acumularmos, precisamos espalhar; para sermos felizes, devemos fazer os outros felizes. A fim de nos tornarmos espiritualmente fortes devemos buscar o bem espiritual de outros. Ao regarmos outras pessoas, nós mesmos somos regados. Como?Para serem úteis, nossos esforços devem mostrar a utilidade de nossas forças. Temos talentos escondidos e aptidões adormecidas que são trazidas à luz pela prática.
Nossa força para o trabalho está oculta até que nos aventuremos a lutar nas batalhas do Senhor ou escalar as montanhas da dificuldade. Não sabemos que compaixão gentil possuímos até experimentarmos enxugar as lágrimas de uma viúva e confortar o órfão em sua aflição.

Na tentativa de ensinar aos outros, com frequência achamos que obtemos instruções de nós mesmos. Oh, que lições graciosas alguns de nós aprendemos em um leito de dor!Fomos ensinar as Escrituras, e voltamos envergonhados por conhecermos tão pouco sobre ela. Durante nossas conversas com crentes fiéis, aprendemos que o caminho de Deus é mais perfeito e adquirimos uma compreensão mais profunda da verdade divina. Assim "regar" os outros nos torna humildes. Descobrimos quanta graça existe onde não tínhamos procurado e quantas pessoas dedicadas e fiéis podem nos sobrepujar em conhecimento. Nosso conforto também é aumentado por nosso trabalho para os outros. Nós nos empenhamos para satisfazê-los, e o conforto alegra o nosso coração.

Fonte: Blog Projeto Spurgeon

10 de jul de 2010

Frases 27 - Martinho Lutero

“Todo ensinamento contrário às Sagradas Escrituras deve ser rejeitado, mesmo que faça chover milagres."

"A medicina cria pessoas doentes, a matemática, pessoas tristes, e a teologia, pecadores."

"Nada se esquece mais lentamente que uma ofensa e nada mais rápido que um favor."

"Uma masmorra com Cristo é um trono, e um trono sem Cristo é um inferno"

"A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço."

4 de jul de 2010

Evangelho. Entendeu ou quer um desenho?


É muito frequente se escutar pessoas dizendo que estão "pregando o evangelho". Especialmente quando estão lhe pedindo dinheiro, fazendo promessas de muita prosperidade para sua vida e prometendo-lhes a cura para todos os seus problemas. Mas todos nós sabemos que Deus não fez estas promessas nem aos seus profetas e apóstolos, muitos dos quais, após uma vida de dificuldades e perseguições, terminaram martirizados, cumprindo cabalmente seu papel de mensageiros de Deus.

Entretanto, algo que você quase nunca vê é alguém falando do evangelho ao mesmo tempo em que fala de arrependimento, mudança de vida, perdão e fé, do significado da morte na cruz e da ressurreição de Jesus Cristo.

O que é, então, o evangelho? Em termos simples, o apóstolo Paulo nos escreve: